Minha Airlock não Borbulha

Estamos aqui novamente para falar de um assunto polêmico e que nunca sairá de moda na comunidade homebrew: “Meu airlock não borbulha, e agora? ”. Esta questão já passou pela cabeça de praticamente todos os cervejeiros mais experientes e provavelmente gera dúvida em todos os cervejeiros iniciantes. Sabemos que fazer cerveja pode ser muito trabalhoso e esperamos ansiosamente por uma fermentação bem feita. As bolhas na válvula airlock podem ser este confortante sinal, mas o que pode ter dado errado quando elas não aparecem? Neste caso muitas respostas se aplicam para a mesma pergunta, vamos te ajudar listando algumas situações:

Tampa mal fechada: Esta é a causa da maioria dos problemas de inatividade na airlock, principalmente se o seu fermentador for muito antigo e a tampa estiver danificada, o CO2 sairá por uma fresta e portanto não haverá bolha alguma. Desde que seja uma abertura mínima (na maioria das vezes é) que não permita a entrada de insetos, este problema dificilmente prejudicará sua cerveja. Quando desconfiar que seu fermentador está com vazamento, meça a densidade e se a mesma estiver menor que sua OG, respire aliviado pois a fermentação está em andamento.

– Under pitch, ou baixa inoculação: Casos de pouca levedura inoculada no mosto é mais comum em lagers e cervejas muito alcóolicas, e quando ocorre a levedura precisa de mais tempo para crescer e começar a fermentar o mosto, logo, as atividades na airlock levam mais tempo para ocorrer, o que pode levar a outros problemas como contaminação e off flavours. Fique sempre atento à densidade inicial e a quantidade de levedura recomendada pelo fabricante. Se por acaso você verificar que não houve atividade no airlock e que a densidade inicial não abaixou, talvez precise de mais levedura. Oxigenar o mosto e utilizar nutrientes para levedura, como Servomyces também ajuda.

– Células mortas: Este problema normalmente ocorre quando as leveduras são inoculadas com o mosto muito quente, e em alguns casos raríssimos, quando as leveduras já estão mortas no pacote.

Refratometro

Agora que você já sabe que o airlock não deve ser um parâmetro, mantenha a calma e sempre controle a fermentação medindo a densidade. Muitos cervejeiros que utilizam densímetro não gostam de realizar este processo, pois é necessário retirar uma amostra da cerveja e esta não deve ser devolvida para o fermentador, pois pode causar contaminação. Nesse caso um refratômetro pode resolver o problema, já que basta uma gota da cerveja para saber sua densidade. O problema, mas não é um grande problema, é que ao medir o OG o líquido é mosto cervejeiro, e ao medir o FG bem como as medições intermediárias, o líquido será cerveja ou um mosto em processo de transformação. Com isso a leitura será imprecisa, pois está se comparando duas coisas distintas, e para corrigir esta leitura é necessário usar algum aplicativo que tenha essa função. Sugerimos o BrixCalc, um app leve e simples de usar pois só faz isso, mas há vários.

Redes Sociais:
Veja também:
Buscador BrewHead

Newsletter

Redes Sociais:
Últimas noticias
Telefone para contato:

(11) 4362-4520  ou  (11) 4362-4521

Segunda à Sexta-feira das 12 às 20hs | Sábados das 9 às 14hs | Fechado aos Feriados